quinta-feira, 30 de junho de 2011

Exposição reúne fotografias vencedoras do projeto Carioquinha

Imagens foram escolhidas em concurso promovido durante projeto. Mostra ficará exposta na estação do metrô da Carioca.


Uma exposição de fotografias marca o encerramento da 13ª Edição do projeto Carioquinha, que concede descontos em serviços e pontos turísticos a quem nasceu ou mora no Rio ou Região Metropolitana. A mostra foi inaugurada nesta quinta-feira (30) para convidados e será aberta ao público a partir de sexta-feira (1º) na Estação do metrô da Carioca, no Centro do Rio. Nela, estão exibidas as dez fotografias vencedoras do concurso promovido durante o projeto.
A imagem que mostra o Maracanã com a fachada colorida de verde e amarelo, de Delmiro dos Santos Junior foi a vencedora com 72 votos. Em segundo lugar, ficou a fotografia de Vitor Madeira, que mostra detalhes de um sino na Ilha Fiscal, outro ponto turístico do Rio. A terceira colocada foi a imagem de um pescador com sua rede na Ilha de Paquetá, de Rose Toffoli.

Além destes pontos turísticos, outras belezas da cidade como o Museu de Arte Moderna, Cristo Redentor e as praias do Rio também fazem parte da exposição. Para serem expostas, as fotografias foram reproduzidas em tamanho gigante. Elas foram escolhidas por voto eletrônico pelos usuários da rede social Carioquinha. Ao todo, foram enviadas 613 fotos.

Serviço:
Exposição ‘Meu Rio’
De 1º de julho a 18 de julho
Estação do Metrô da Carioca, no Centro
Entrada franca
 

PROGRAMAÇÃO DO FESTIVAL DE INVERNO DA DELL´ARTE COMEÇA HOJE NA CATEDRAL SÃO PEDRO DE ALCÂNTARA

O 11º Festival de Inverno de Petrópolis COMEÇA HOJE (dia 1º de julho ) na Catedral São Pedro de Alcântara com um presente para o público: o lindíssimo órgão acaba de ser reformado e estará em funcionamento. O festival vai até dia 17 de julho com mais de 40 atrações. O Festival de Nova Friburgo, que entra em sua 10° edição, também começa hoje, no Teatro Municipal com a apresentação da Cia Brasileira de Ópera que encena O Barbeiro de Sevilha.

Confira abaixo a programação do festival em Petrópolis:   
CLIQUE NO ANÚNCIO E AMPLIE COM O LADO DIREITO DO MOUSE

CLIQUE NO ANÚNCIO E AMPLIE COM O LADO DIREITO DO MOUSE







MUSEU IMPERIAL PRORROGA INSCRIÇÕES PARA CURSO GRATUITO SOBRE MÚSICA CLÁSSICA


O Museu Imperial prorrogou as inscrições para o curso de extensão sobre música clássica, que acontece dentro da programação do 11º Festival de Inverno de Petrópolis. O curso contará com quatro palestras, realizadas nos dias 02, 03, 10 e 17 de julho, às 14h, no auditório do Museu.

Os interessados podem se inscrever até o final do curso pelo site
http://www.museuimperial.gov.br/ ou no próprio local, no dia da palestra a que desejar assistir. Contudo, os certificados de participação só serão concedidos àqueles que compareceram a, no mínimo, 75% das aulas.

As inscrições são gratuitas, mediante doação de 1 quilo de alimento, que deve ser entregue no primeiro dia em que o aluno participar.

As palestras, concedidas pelos pesquisadores Mário Willmersdorf Jr. e Estêvão Hermann, abordarão os seguintes temas: Stokowski – Villa-Lobos – Pixinguinha: O Grande Encontro, Mahler – O Embate de Eros e Tânatos, Verdi – A Voz da Reunificação da Itália e Carlos Gomes – Um Compositor Brasileiro. O curso é realizado em parceria com a Universidade Católica de Petrópolis.

Além das palestras, o Museu Imperial receberá, ainda, outras atividades da programação do Festival de Inverno, como os Concertos à Luz de Velas e Concertos ao Meio-Dia. Para mais informações, acesse
http://www.museuimperial.gov.br/.

SERVIÇOS

Curso de extensão sobre música clássica
Datas: 02, 03, 10 e 17 de julho, às 14h
Local: Auditório do Museu Imperial
Inscrições: www.museuimperial.gov.br ou no dia e local da palestra
Participação gratuita, mediante doação de 1 quilo de alimento

11º Festival de Inverno de Petrópolis
Datas: de 1º a 17 de julho de 2011
Local: Museu Imperial e outros pontos da cidade
Informações sobre as atividades no Museu Imperial: http://www.museuimperial.gov.br/ / (24) 2245-8962
Informações sobre o festival:
http://www.dellarte.com.br/ / http://www.fipet.com.br/

Museu Imperial
Endereço: Rua da Imperatriz, 220, Centro – Petrópolis, RJ
Telefones: (24) 2245-5550 / (24) 2245-5560
Site:
http://www.museuimperial.gov.br/

Visitação: de terça a domingo, das 11h às 18h
Jardins: de terça a domingo, das 8h às 18h

Preços:
Adultos: R$ 8,00
Estudantes, professores e maiores de 60 anos: R$ 4,00
Menores de 7 anos e maiores de 80: gratuito
Moradores de Petrópolis e petropolitanos, às quartas-feiras e no último domingo do mês: gratuito

Internet será o único meio de abrir empresas no estado a partir desta sexta

Sistema permite a integração das Prefeituras, Secretaria de Fazenda,
Secretaria da Receita Federal e outros órgãos

A partir desta sexta-feira (1º/07) só será permitido abertura de novas empresas no estado através da internet, via Regin, que é o novo sistema de registro empresarial que facilita todo o processo. De acordo com a deliberação nº 44, da Junta Comercial, passa a ser obrigatória a busca prévia de nome e de local, via Regin, nos casos de constituição, alteração de nome, de endereço, e atividade.

A expectativa é que o cidadão possa abrir sua empresa em poucos dias, se toda a documentação estiver correta, já que diversos órgãos estarão interligados. O sistema permite a integração das Prefeituras, Secretaria de Fazenda do Estado, Secretaria da Receita Federal e outros órgãos envolvidos.

- Será obrigatório acessar o site para alguns registros empresarias, antes de ingressar com processo na Jucerja, independentemente do resultado, ou seja, se o processo será deferido ou não - esclarece o presidente da Jucerja, Carlos de La Rocque.

A implantação do Regin vem sendo progressiva no estado. Já foram abertas 930 empresas pela internet até maio.

- A nossa intenção é levar o sistema para todo o estado. Os novos empresários vão encontrar facilidades com o Regin, como a redução de custos e de tempo - destaca.

O sistema é o mesmo que vêm sendo usado em Santa Catarina, Espírito Santo e Bahia. Atualmente, 12 cidades do estado estão com o funcionamento completo do sistema: Maricá, Itatiaia, São João de Meriti, Três Rios, Bom Jardim, Japeri, Macuco, Miguel Pereira, Barra Mansa, Paty do Alferes, Santo Antônio de Pádua e Barra do Piraí. A meta da Jucerja é ter, até o final de 2011, 50 municípios integrados ao sistema, entre eles a capital e os principais municípios da Baixada e Região Metropolitana.
Como é o processo de abertura de empresas

COM o Regin
O processo é mais rápido, seguro e econômico, porque o empreendedor inicia o processo, no site da Jucerja – www.jucerja.rj.gov.br , com o pedido da viabilidade de nome empresarial e a busca prévia do local, com preenchimento das informações sobre o empreendimento. As informações vão para a Junta Comercial e para a prefeitura solicitada. Esta tem o prazo de dois dias para responder se o negócio desejado pode ser aberto ou não, e se tem exigências a serem cumpridas.
Feito isso, o empresário ou seu representante deve ir à Jucerja ou suas delegacias para dar entrada no pedido, levando o protocolo do Regin, o pedido do CNPJ da Receita Federal (DBE), o pedido da inscrição estadual (DOCAD) e o contrato social. Todo processo poderá ser acompanhado pelo portal da Junta Comercial.

Depois, a autarquia, também via internet, encaminha os dados diretamente para a Secretaria de Fazenda do Estado, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária, Meio Ambiente, Receita Federal e Prefeitura Municipal. Se tudo estiver correto, sem cair em exigências, o empresário pode ter sua empresa em funcionamento em poucos dias.

- Não tem por que o empresário utilizar o modelo antigo. A expectativa é que muitas empresas sejam instaladas no estado, impulsionadas, inclusive, pela proximidade de grandes eventos no estado do Rio de Janeiro - complementa o presidente.
La Rocque assegura ainda que se uma prefeitura não estiver integrada ao Regin, a Jucerja analisará o processo e poderá deferir ou não o pedido. Neste caso, é necessário ir à prefeitura solicitar o Alvará.

SEM o Regin
O cidadão deverá efetuar uma busca prévia de local, objeto e nome empresarial no site da prefeitura onde se pretende empreender. Após aprovação, elaboração do Contrato Social, que pode ser LTDA ou Formulário de Inscrição de Empresário. Depois, ir à Jucerja para ingressar com os seguintes documentos em papel: capa de processo, processo em uma única via, cópia da identidade e CPF dos sócios (autenticadas), reconhecimento de firma dos sócios, DBE (Documento Básico de Entrada) do CNPJ/RFB, DOCAD (Inscrição Estadual) e pagamento dos serviços.

Depois, deverá solicitar o alvará de funcionamento no Corpo de Bombeiros, na Vigilância Sanitária e na Prefeitura Municipal

Governadores começam a desenhar acordo sobre divisão dos royalties

Sérgio Cabral participou de reunião com líderes estaduais, em Brasília


O início de um acordo sobre a divisão dos royalties do petróleo começou a ser desenhado, nesta quinta-feira (30/6), por representantes de estados produtores e não produtores. O governador Sérgio Cabral participou de um almoço, em Brasília, em que houve um recuo por parte dos estados não produtores, que aceitaram uma distribuição diferenciada dos lucros. Já os estados produtores concordaram que haja um repasse imediato de verbas aos estados que não produzem petróleo.

No encontro, estavam presentes os governadores de Pernambuco, Eduardo Campos, e o de Sergipe, Marcelo Deda, representando os estados não produtores. Eles explicaram que os recursos oriundos da exploração do petróleo são importantes para o desenvolvimento das regiões e se comprometeram a levar as ideias debatidas na reunião para os governadores dos outros estados na mesma situação. Segundo Eduardo Campos, houve um avanço importante nas negociações.

- Vamos levar para a observação dos governadores de estados que não são produtores a posição reivindicada de que haja um tratamento diferenciado para os estados produtores. Para eles, essa diferenciação é fundamental para que exista um acordo. Ao mesmo tempo, vamos explicar que os estados produtores admitem que nós tenhamos um fluxo de recebimento imediato de recursos e que isso não pode ficar postergado para quando o pré-sal não concedido venha a funcionar – disse o governador de Pernambuco.

Durante a reunião ficou acordado que técnicos dos estados vão trabalhar ao longo da próxima semana para definir uma proposta concreta já com valores estabelecidos. O governador Sérgio Cabral, durante o encontro, destacou a importância do debate.

- Anteriormente, não houve um debate sobre essa questão. Todos querem que o Norte, o Nordeste e o Centro-Oeste do país se desenvolvam e é por isso que temos que encontrar uma solução – disse Cabral.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, ressaltou que um entendimento é a melhor opção para todos.

- A posição de partilha sem tratamento diferenciado foi uma posição radical. Todos entendemos aqui que quem produz deve receber mais do que quem não produz. Agora, vamos trabalhar para ter uma proposta concreta para ser apresentada – disse Casagrande.

Também participaram da reunião o vice-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, o secretário de Estado da Casa Civil, Regis Fichtner, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Julio Bueno, o secretário de Fazenda, Renato Vilella, além do governador do Paraná, Beto Riche.

Turismo em Petrópolis será tema de programa da TV Alerj nesta sexta-feira

Programa vai ao ar nesta sexta-feira (1)

Com o intuito de mostrar como Petrópolis começa a reerguer suas estruturas e sua economia após as chuvas que devastaram as cidades da região Serrana e mostrar a real dimensão do ocorrido na Cidade Imperial, a TV Alerj apresentará, nesta sexta-feira (1), às 22h (pelo canal 12 da Net ou canal 96 da Tech Cable), o “Programa Alerj especial sobre o turismo em Petrópolis”. Preocupado com a imagem do município, a gravação do programa foi um pedido do deputado Marcus Vinicius (PTB). Porém o parlamentar ressaltou que o município trabalha agora em cima de um plano turístico que visa promover novamente os pontos turísticos da cidade. O programa terá ainda reprises no sábado (2), às 12h30, e no domingo (3), às 14h.
“No Centro histórico, que inclui os pontos turísticos e os polos de moda e gastronômicos, e mesmo no Centro de Itaipava nada foi atingido. Ou seja, a cidade continua funcionando normalmente e nossa intenção foi mostrar isso para todo o Estado. Com este programa, os telespectadores vão poder ter a certeza de que Petrópolis continua linda e ter um provinha das maravilhas que poderão conhecer vindo até aqui”, afirmou Marcus Vinícius. Para mostrar parte das belezas da cidade, a repórter Natália Alves e o deputado petropolitano contaram com a participação do presidente da Fundação de Cultura e Turismo Petrópolis (FCTP), Charles Rossi, do presidente do Instituto Histórico de Petrópolis (IHP), Luís Carlos Gomes, da gerente de Turismo da FCTP, Marisa Guadalupe Plum e do presidente do Sindicato do Comércio varejista ligado à Fecomercio-RJ, Marcelo Fiorini.
As fortes chuvas que atingiram os municípios da região serrana do Rio nos dias 11 e 12 de janeiro provocaram enchentes e inúmeros deslizamentos de terra na região Serrana.  As cidades mais atingidas são Teresópolis, Nova Friburgo, Petrópolis, Sumidouro e São José do Vale do Rio Preto. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), choveu cerca de 300 mm em 24 horas na região. O deputado chamou atenção para o impacto que a cidade sofreu após as chuvas. “Em Petrópolis, 72 pessoas morreram e o comércio registrou uma queda de 70% nas vendas, situação amenizada com o carnaval, quando 80% da rede hoteleira estava ocupada”, frisou Marcus Vinicius.
Fonte: Assessoria

Petrópolis: construção de casas populares deve começar até o final deste mês

A audiência pública convocada na manhã de hoje (30) pelo bispo Dom Filippo Santoro foi encerrada com boas notícias para os atingidos pelas chuvas de janeiro; dos seis terrenos propostos pelo município ao Governo do Estado para construção de moradias destinadas aos desabrigados, três já foram aprovados pela Caixa Econômica Federal, executora da obra, nas localidades do Benfica, Mosela e Vale do Cuiabá.
Desta forma, entre o final de julho e início de agosto, as obras para a construção de 438 casas devem começar nestas localidades. Até abril de 2012, 80% das residências, do total de 1,5 mil, devem ser entregue às famílias contempladas com o aluguel social, vítimas de chuvas de diversos anos. Vale ressaltar, que a localização dos terrenos garante a continuidade dos vínculos comunitários e profissionais das famílias beneficiadas.
As previsões foram anunciadas pelo secretário de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), Luis Eduardo Peixoto, na III Audiência Pública realizada na Universidade Católica de Petrópolis, para discutir o plano de reestruturação do uso de áreas de risco em Petrópolis.
A Chefe de Gabinete, Sheila Guimarães, que esteve representando o prefeito Paulo Mustrangi, explicou que o governo não está medindo esforços para agilizar os diversos processos burocráticos que giram em torno da desapropriação de terrenos e construção das casas.
“Temos que avançar na busca de soluções rápidas, mas eficientes. Não estamos preocupados somente com as vítimas das chuvas de janeiro deste ano, mas também com as diversas famílias que vem dependendo de aluguel social, desde 2001. Desta forma, conversamos com o Governo Federal e conseguimos ampliar de mil para 1,5 mil residências a serem construídas”, informou.
O bispo Dom Felippo Santoro finalizou a audiência e classificou como positiva as informações passadas pelos representantes de diversas secretarias de governo que participaram da sessão.

Fonte: Ascom PMP

Nova Friburgo: Centro de Arte reabre temporariamente nesta sexta e se integra ao Festival de Inverno

As belas fotos de Juran Santos poderão ser apreciadas no Centro de Arte a partir desta sexta

Tradicional ponto de referência da cultura friburguense, o Centro de Arte (Praça Getúlio Vargas 71, Centro), seriamente atingido pela tragédia de janeiro, que o deixou submerso com o transbordamento do Rio Bengalas e o entupimento dos bueiros do centro da cidade, reabre suas portas amanhã, 1º de julho, mesmo temporariamente. “O Centro de Arte não poderia ficar de fora deste período de efervescência cultural que a cidade passa a viver agora com o Festival de Inverno”, explica o diretor do espaço, Chico Figueiredo.
A reabertura será marcada com três exposições de reconhecido talento dos artistas plásticos Silva Maranhão (1) e Luiz Marinho Neto (2) e ainda do fotógrafo Juran Santos (3). Para retomar as atividades no espaço, Chico Figueiredo contou com o apoio de colaboradores. O Teatro Bebete Castilho, do Centro de Arte, ainda permanecerá com o acesso ao público impedido, mas a expectativa é de que em breve todo o Centro de Arte seja reformado pela Prefeitura. As exposições poderão ser conferidas de terça a sexta-feira, das 10h às 21h, e nos fins de semana, das 14h às 21h, com entrada franca.
O artista Silva Maranhão expõe na Sala Guignard a mostra “Depois da chuva”, com óleos sobre tela que destacam a garra da população na luta pela sobrevivência através do trabalho e as colheitas da lavoura, além da esperança de um sistema de governo mais responsável. Autodidata, ele já expôs em Nova York e concluiu o projeto “Grito das Nações”, com cerca de cem telas. Sua meta é criar um museu moderno, com uma história épica.
Já na Sala Villa-Lobos serão reunidos as fotografias multifacetadas do baiano Juran Santos, na mostra “Além das alternativas”. O artista, radicado em Nova Friburgo há sete anos, é um apaixonado por fotografar detalhes singelos da rica e diversificada natureza. Sua primeira mostra de fotos teve o apoio do Grupo de Arte, Movimento e Ação (Gama), presidido também por Chico Figueiredo.
Na Sala Nêgo o público poderá conferir toda a sensibilidade do pintor Luiz Marinho Neto. Também autodidata, ele se dedica a aperfeiçoar seu trabalho com a valorização de belas paisagens naturais. Esta será sua primeira mostra de óleos sobre tela, denominada “Paisagens”, com dez produções de 2008. Vale a pena conferir.

Fonte: A Voz da Serra

Morre, aos 55 anos, o jornalista Álvaro Carneiro Bastos

O jornalista foi enterrado hoje, às 10 horas,

no Cemitério Municipal.

 
Álvaro lutava contra problemas no fígado e no estômago há 20 anos e foi
meu companheiro de redação na Tribuna durante mais de seis anos.

Morreu no início da madrugada de quarta-feira o jornalista Álvaro Carneiro Bastos, de 55 anos. Vítima de uma hemorragia esofágica, Álvaro estava internado desde a última segunda-feira no Centro de Terapia Intensiva do Hospital Casa da Providência. Segundo a esposa, Ivanete Isicke, com quem foi casado por 28 anos, seu estado de saúde piorou na terça-feira, quando os médicos não conseguiram controlar a hemorragia. “Ele lutava contra os problemas no fígado e no estômago há 20 anos. Infelizmente, aos trinta minutos da madrugada de ontem, não resistiu”, lamentou.
Há quase dois anos, Álvaro deixou a subeditoria da Tribuna de Petrópolis, onde atuou por sete anos, para cuidar da saúde. Formado pela Universidade Pontifícia Católica do Rio de Janeiro, sua carreira jornalística teve início no Diário de Petrópolis, onde foi repórter, colunista e editor. Depois atuou nos extintos Petrópolis Post e Gazeta Petropolitana, onde foi editor chefe.
Apaixonado pelos livros e poesias, Álvaro era admirado pelos amigos pela cultura e inteligência. “Ele adorava o troca-troca de livros com os amigos e colegas de trabalho. Sempre tinha alguém o procurando para conseguir algum livro interessante”, comentou a esposa. Além dos livros, Álvaro também gostava da internet, e mantinha um blog onde postava as poesias e contos de sua autoria, ou então de poetas e escritores famosos os quais admirava. “A internet era um meio dele manter contato com os amigos e colegas. No blog, ele também podia expressar suas ideias e postar seus poemas, que ele nunca deixou de escrever”, lembrou Ivanete.
O temperamento calmo e manso era uma das suas principais características. Para os amigos e colegas de trabalho, as poucas palavras eram sinal de uma pessoa tranquila, sempre disposta a ajudar e a ensinar. Além da esposa, Álvaro deixou três filhos e uma netinha, a pequena Ágata, de 22 dias.
Fonte: Tribuna de Petrópolis

Passeio ciclístico "Bauern Bike" percorrerá ruas do Centro Histórico

 
O passeio percorrerá as ruas do centro histórico.

 

 
Petrópolis vai receber no próximo domingo, em meio a Bauernfest o Bauern Bike, evento que contará com um passeio ciclístico e corrida trote, com o objetivo de colocar as pessoas para se exercitar. O evento está sendo organizada pela Allen Esportes com o apoio do Movimento Esportivo de Petrópolis e da Prefeitura Municipal de Petrópolis.
O evento vai ter inicio às 10h da manhã, com saída do Palácio de Cristal,em frente ao palco de apresentação da festa e vai passar pelo centro histórico, em ruas como a Imperatriz, 16 de Março e Nelson de Sá Earp, se encerrando no mesmo local de partida. 
Tanto o passeio ciclístico quanto a caminhada terão um total de três quilômetros de percurso e ambos seguirão em ritmo leve. Qualquer pessoa, de todas as idades está apta a participar, o evento é gratuito e basta chegar no ponto de partida na hora marcada para aproveitar o evento. Quem for participar do Passeio Ciclístico apenas precisa levar a bicicleta.
Fonte: ASCOM/PMP

Carro zero será liberado da vistoria no ano seguinte ao do emplacamento

Medida valerá a partir de 2012 para veículos de passeio particulares

A partir de 2012, um carro zero quilômetro emplacado num determinado ano não precisará se submeter à vistoria veicular no ano seguinte. Isto significa que um automóvel de passeio comprado e registrado em 2011 - ocasião em que se dá o primeiro licenciamento - só será submetido a vistoria em 2013, sendo liberado do serviço em 2012. Segundo o presidente do Detran, Fernando Avelino, a mudança deixará fora da vistoria cerca de 300 mil automóveis, “que é, mais ou menos, o número de carros novos emplacados por ano no Rio”.

 Fruto de decisão conjunta entre o Detran, Secretaria de Estado do Ambiente, Conselho Estadual de Meio Ambiente (Conema) e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), a iniciativa beneficia os veículos considerados como de uso não intensivo, ou seja, veículos de passeio particulares com capacidade para, no máximo, cinco passageiros. Segundo entendimento técnico das quatro instituições, nos dois primeiros anos de uso, o desgaste de carros na situação descrita não compromete as condições mínimas de segurança e o nível de emissão de gases.

 O Diário Oficial de quarta-feira (29/6) publicou a Resolução do Conema nº 34, de 27 de maio de 2011, que “aprova o Plano de Controle da Poluição por Veículos em Uso (PCPV) para o Estado do Rio de Janeiro”, liberando da vistoria de emissão de gases os chamados carros de passeio. A matéria será agora regulamentada por Portaria da Presidência do Detran, para vigorar em 2012.

 O presidente do departamento explica que “os veículos liberados da vistoria, ao quitarem o GRD (Guia para Regularização de Débitos) de 2012 (popularmente conhecido como IPVA), deixarão de pagar o Licenciamento Anual, hoje fixado em R$ 90,30.

 Ainda segundo Avelino, a entrega do novo CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo - se dará respeitando os prazos de final de placa, que serão prévia e amplamente anunciados pelo Detran.

 - A logística de entrega de tais documentos valorizará a segurança do processo, como também o conforto do cliente – diz ele.

 O presidente do Detran esclarece que a medida conjunta não contempla os chamados veículos de uso intensivo: ônibus; microônibus; caminhões; veículos da categoria aluguel, sejam automóveis, caminhonetes; camionetas, motos ou utilitários; e veículos particulares com capacidade superior a cinco passageiros, entre os quais automóveis, caminhonetes, camionetas e utilitários.

 Independentemente do ano em que o veículo for registrado, o Detran não poderá deixar de exigir a vistoria nas seguintes situações, previstas em Resolução do CONTRAN: a) Mudança de domicílio ou residência; b) Transferência de propriedade; c) Alteração de características do veículo; e d) mudança de categoria, já que, em todos estes casos, há a necessidade de expedição de novo Certificado de Registro de Veículo”.

 - O entendimento entre o Detran, a Secretaria de Estado do Ambiente, o Conema e o Inea demonstra claramente que o respeito ao ar que respiramos e à segurança no trânsito podem e devem andar juntos – ressaltou Avelino.

Fonte: Ascom do Detran

Governador Sérgio Cabral sanciona lei de anistia administrativa para bombeiros

O governador do Rio, Sérgio Cabral, sancionou nesta quarta-feira (29) o projeto de lei que concede anistia administrativa aos 439 bombeiros e aos dois policiais militares presos depois da invasão do quartel central do Corpo de Bombeiros no início do mês. A informação foi divulgada pelo Twitter.
Cabral também aprovou os projetos que garantem aumento de 5,58% para o setor de segurança do Estado e o uso de 30% do Fundo Especial do Corpo de Bombeiros (Funesbom). Todos os projetos foram aprovados na noite de terça-feira pela Assembleia Legislativa do Rio. Agora, os bombeiros não serão punidos pela corporação.
O presidente da Alerj, deputado Paulo Melo (PMDB), já havia informado que o governado sancionaria a anistia. Segundo ele, o governo também já analisa a possibilidade de dar o vale-transporte, um das principais revindicação dos bombeiros, além de melhorias nas condições de trabalho.

Barra Music: a nova casa de shows do RIO


barra music

Mais um empreendimento voltado para a cultura está em construção na Barra da Tijuca. Prometendo ser a maior casa de shows da américa latina, a Barra Music estampa na frente da obra o slogan: “Em Breve o Rio Terá Onde se Divertir”.
Devido a grande rivalidade que teria com a HSBC Arena e o Citibank Hall, Quintino Gomes do Diário do Rio  acredita que o nicho a ser atingido pela Barra Music são as classes mais populares com shows de bandas de pagode ou grupos de funk. Seria uma concorrente da Barra Show?
As apostas estão abertas e os números impressionam. A Barra Music terá capacidade para 10 mil pessoas, ambiente refrigerado, 190 camarotes, 12 suítes, 20 bares e 20 banheiros, além de um palco com 400m² e estacionamento para 2mil carros.

terça-feira, 28 de junho de 2011

Seminário Economia Solidária para recuperar mercado da Região Serrana

 


Seminário será realizado também em Teresópolis e Nova Friburgo
 
A Setrac, através do Departamento de Trabalho e Renda - Detra, realiza na próxima sexta-feira, dia 01 de julho, o primeiro Seminário de Introdução à Economia Solidária no Pólo Serrano. O evento é organizado pelo Neates - Núcleo Estadual de Assistência Técnica aos Empreendimentos Solidários do Estado do Rio de Janeiro.
Economia Solidária é uma maneira diferente das pessoas se organizarem em torno do seu trabalho e dos benefícios que este pode produzir. É um movimento onde homens e mulheres se organizam a partir do trabalho coletivo, desenvolvendo formas de geração de renda, onde todos têm suas necessidades satisfeitas e o uso dos recursos naturais é feito de forma responsável e consciente.
Na economia solidária, o trabalho não tem patrão e empregado. Os produtores e produtoras solidários se organizam em sistemas de autogestão. Ou seja, todos são responsáveis pelo empreendimento, todos decidem em conjunto e se beneficiam igualmente dos frutos gerados pelo mesmo.
Foram convidados para o evento o prefeito Paulo Mustrangi, todos os secretários municipais, entidades que fomentam a economia solidária e representantes da sociedade civil.
Os outros dois encontros acontecerão no dia 8 de julho, em Teresópolis e no dia 15 de julho, em Nova Friburgo.
Fonte: Ascom PMP

22ª Edição do Prêmio de Música Brasileira

A música abraça todos os universos. E é com esse pensamento que o Prêmio da Música Brasileira chega à sua 22ª edição e será entregue no proximo dia 6 de julho, em evento de gala no
Theatro Municipal do Rio de Janeiro.


22ª Edição do Prêmio de  Música Brasileira
Lançada em 1987, a premiação incentiva a descoberta de talentos e premia artistas consagrados e novos. Faz isso celebrando a música nacional: a cada ano, homenageia um artista brasileiro. Em 2011, Noel Rosa é o escolhido.

Vinicius de Moraes, Dorival Caymmi, Maysa, Elizeth Cardoso, Luiz Gonzaga, Ângela Maria & Cauby Peixoto, Gilberto Gil, Elis Regina, Milton Nascimento, Rita Lee, Jackson do Pandeiro, Maria Bethânia, Gal Costa, Ary Barroso, Lulu Santos, Baden Powell, Jair Rodrigues, Zé Kéti e Dominguinhos, Clara Nunes, D. Ivone Lara já foram relembrados no Prêmio. Um time plural como a música brasileira.

Um conselho – formado por Gilberto Gil, João Bosco, Yamandú Costa, Wanderlea, Zuza Homem de Mello, Antonio Carlos Miguel e pelo idealizador do Prêmio, José Maurício Machline – determina o regulamento, o homenageado e o os 26 jurados que formarão o júri a cada edição. São críticos, jornalistas e músicos que definem os selecionados e os três finalistas: ao todo, são 111 indicados. O resultado será revelado na festa de entrega, numa noite sempre emocionante.

Desde 2010, a Vale patrocina o Prêmio de Música Brasileira.


 

Quadrinhos e grafite cobrem os muros cariocas



Street Comics

Amigos, o Rio de Janeiro está colorindo seus muros com grafites e, acreditem, quadrinhos. Alberto Serrano, norteamericano quadrinista e “profissional de street art”  (uma figuraça!!!) que tive a oportunidade de conhecer em Santa Teresa na última semana, trouxe para a cidade o Street Comics, que mistura os dois tipos de arte.
O projeto fez tanto sucesso que virou um livro com fotos das primeiras tiras d’As Aventuras de Zé Ninguém e o Cão Viralata. Na história, Zé Ninguém é um nordestino que vai até o Rio atrás de sua amada Ana, que acaba se perdendo e ficando apenas com a roupa do corpo e nenhum dinheiro.

Já são mais de 50 quadrinhos espalhados pelos muros do Rio, e a expectativa do autor é que chegue as centenas. Para acompanhar o trabalho do autor pela cidade, basta acessar o site titonarua.com ou procurar pelos muros mais próximos.

Empresa de confecção transforma lixo em arte


A confecção Elas, instalada em Nova Friburgo, é uma microempresa que destina parte de sua produção à terceirização de serviços, mais efetivamente na fabricação de sutiãs e tops para empresas de grande e médio porte. A Elas possui fabricação própria de ecobag, feita a partir de fibras de garrafa pet e planeja também passar a produzir tops tipo esporte, agregando o conceito de preservação ambiental, seja em estampas e/ou tecidos.
A empresa ainda é pequena em tamanho, mas grande em atitudes ambientais, mantendo o "Projeto Elas Preservando", reaproveitando sacolas de bojos moldados de sutiãs para cultivar mudas de árvores nativas de Mata Atlântica. Por conta disso, em 2010 a Elas foi contemplada pelo Prêmio Sesi de Qualidade no Trabalho (PSQT), sendo 1º lugar na etapa regional, 2º lugar na etapa estadual e uma das duas empresas de Nova Friburgo a competir em São Paulo com outras 94 empresas de todo o Brasil. A confecção possui ainda Selo Verde, concedido pela ONG ambiental Ecolmeia, de São Bernardo do Campo (SP). É a primeira empresa na região, neste segmento, autorizada pelo Ministério do Meio Ambiente a usufruir do selo “Saco é um Saco” — uma campanha nacional que visa informar os brasileiros sobre os danos que a sacola plástica causa ao meio ambiente.
O jovem casal Alex e Adriana, proprietário da Elas, decidiu inovar na divulgação de sua marca e com isso conquistar a atenção dos visitantes e convidados da Satélite Fevest. Eles retiraram do lixo todo o material de exposição, sendo canos que enrolam tecidos, cones de linhas, carretéis de elásticos, tampos de máquinas de costura e outros materiais que se tornaram simpáticos bonecos, nomeados como “Os Reciclanos”, que tem a altura de uma pessoa adulta e fazem parte do projeto Elas Preservando. No total foram feitos seis bonecos, distribuídos em dois pontos estratégicos e de grande visibilidade no município: Olaria e Ponte da Saudade. Mas os bonecos de Olaria foram danificados por ações de vândalos na madrugada de sábado, 25.
Segundo Alex, idealizador das obras e autodidata, a ideia é fazer com que as pessoas percebam que preservar a natureza é superimportante e a reciclagem pode se tornar algo extraordinário. Ele até imagina seus bonecos decorando feiras de moda, pois o conceito de sustentabilidade no mundo da moda está em alta e “Os Reciclanos” poderiam proporcionar um charme a mais nesses eventos. Para o casal de empreendedores, os bonecos revelam ainda que a Elas é uma marca com responsabilidade ambiental, o que traz todo o diferencial neste segmento tão competitivo. O que levaria mais de séculos para se decompor na natureza virou arte. A ideia do casal, após o fim da feira, que vai até dia 30, é continuar com os bonecos montados mas em outros pontos da cidade e, para isso, certamente contarão com apoio da Prefeitura, a fim de promover a educação ambiental.
Quem desejar outras informações pode acessar http://www.elasecomodas.com/, enviar email para elas.ecomodas@gmail.com ou ligar para (22) 9973-0834.

Ação solidária quer promover festa de 15 anos para vítimas da tragédia

Grupo pede apoio a empresários e à população para realizar o sonho de 35 meninas em Teresópolis

Uma ação solidária está mobilizando a sociedade de Teresópolis para realizar o sonho de meninas vítimas da tragédia de janeiro de ter uma festa de 15 anos. A idéia é sensibilizar a população e empresários para que cada um possa ajudar da forma que estiver ao alcance para garantir uma noite de muita alegria para até 35 meninas. O primeiro passo foi dado nesta segunda-feira com o início de um curso gratuito de modelos para ajudar como preparação para a festa.

“Esse projeto surgiu a partir da tragédia em janeiro, que a gente teve conhecimento de algumas meninas que estão fazendo 15 anos não poderiam ter sua festa, porque perderam o pouco que tinham comprado. Nós decidimos fazer uma festa para elas e então a gente conseguiu vários colaboradores na cidade como a CDI com um curso de modelos para elas, até para ensaiarem para o evento”, explicou a organizador Carla Martins.

Mesmo com a adesão de algumas empresas à proposta, Carla explicou que ainda falta muito a ser feito para garantir que a festa se torne realidade com todo o suporte necessário. Os organizadores ainda estão precisando de um local para a realização do evento e também de pessoas que se prontifiquem a ajudar com algum tipo de trabalho no dia da festa.

“A gente está contando com o apoio do pessoal de Teresópolis para ajudar e realizar o evento. A gente ainda não tem local, essa está sendo a maior dificuldade nossa. A pretensão é realizar esse evento no dia 17 de setembro, mas para isso precisamos de um lugar para fazer a festa, então se as pessoas quiserem colaborar com a gente podem entrar em contato com a gente através do Facebook do Bela Festas e Eventos a gente vai postar fotos as meninas, do trabalho que está sendo feito que é sério. A gente não quer dinheiro, a gente que é a ajuda das pessoas. Para lavar uma louça, levar salgados, dar alguma coisa, a gente está evitando a parte do financeiro, queremos um padrinho que alugue um vestido para uma menina, ou que compre uma sandália bonita para ela utilizar no dia do evento, é isso que a gente quer”, disse Carla.

A promotora de eventos explicou ainda que o curso serve como preparativo para o evento, mas precisamos ainda são necessárias mais parceiras. “Toda menina tem o sonho de ter uma festa de 15 anos e já que eu trabalho com isso, porque não realizar o sonho dessas meninas que passaram por um trauma no início do ano?”.

Carla informou que os contatos para quem se interessar em ajudar devem ser feitos pelos telefones 9502-7502 ou 9295-4315 e através do Facebook e do Orkut da Bela festas e eventos, onde há fotos sobre o trabalho. Já foram incluídas 20 meninas no projeto, das 35 que estão previstas, dependendo apenas da aprovação da Vara da Infância para que elas possam também ter a possibilidade de fazer parte do evento.

Outras lojas se prontificaram a participar com serviços de ornamentação, alguns salões de beleza de Teresópolis também aceitaram uma parceria além de alguns padrinhos que irão disponibilizar calçados e vestidos para as meninas.

Escola Cordon Bleu deve se instalar no Rio

Escola francesa é uma das mais importantes em formação gastronômica do mundo

O governador Sérgio Cabral e o vice-governador Luiz Fernando Pezão participam, nesta manhã de hoje(28/06), da assinatura do protocolo de intenções para a instalação da escola de culinária Le Cordon Bleu, uma das mais importantes escolas do gênero. O objetivo é transformar o Rio em polo gastronômico e hoteleiro da América Latina, em função dos grandes eventos esportivos que estão programados para acontecerem na cidade e que vão atrair turistas de vários países.

A unidade será vinculada à rede da Fundação de Apoio à Escola Ténica (Faetec), da Secretaria de Ciência e Tecnologia, que vai reformar um prédio na Rua da Passagem, em Botafogo, onde funcionará a escola. As obras começam em 70 dias. No local, funcionava uma escola de Enfermagem, ligada à Secretaria de Saúde, que também passará para a estrutura da Faetec e será remanejada ou para a Mangueira, ou para o Engenho Novo, ou para o Centro da Cidade.

Segundo o presidente da Faetec, Celso Pansera, o prédio de Botafogo foi escolhido por estar localizado na Zona Sul, região onde ficam as maiores redes de restaurantes e bares da cidade. Ele informou também que ainda está em estudo o tipo de certificado que será concedido aos alunos que farão os cursos da Le Cordon Bleu, se serão diplomas de qualificação em culinária ou de técnico em culinária, de acordo com a legislação brasileira.

- Os alunos que serão formados pela Le Cordon Bleu no Rio de Janeiro estarão aptos a trabalhar em alta culinária, como chefs de cozinha de restaurantes consagrados – disse Pansera.

Fundado em Paris em 1895, a Cordon Bleu é hoje em dia reconhecida como uma das instituições mais importantes em formação gastronômica e gestão hoteleira, em turismo e em restauração. A previsão para o início das aulas na unidade do Rio de Janeiro é fevereiro de 2012.

Também participam da solenidade o presidente da escola de culinária francesa, André Cointreau, e o secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Alexandre Cardoso. Depois da assinatura do protocolo de intenções, integrantes do Governo e da escola de culinária francesa definirão as condições do convênio.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Espetáculo Espaço & Limite no SESI-RJ

Direção Artística de Alessandra Zappala

Quem conhece o trabalho do CAD-Petrópolis e a CIA NOV´ART de Dança sabe que o novo espetáculo da coreógrafa Alessandra Zappala promete momentos inesquecíveis!!!
Dias 8, 9 e 10 de julho, no SESI-RJ.

Ex-prefeito de Gramado mostra “O Brasil que dá certo” em Petrópolis


Experiência fez com que cidade fosse o terceiro destino turístico do país

O SICOMÉRCIO (Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis), em parceria com o Petrópolis Convention Visitors & Bureau e com a Fase (Faculdade Arthur Sá Earp Neto), trazem para Petrópolis a palestra “O Brasil que dá certo”, com Pedro Bertolucci, que foi eleito quatro vezes prefeito de Gramado (RS) e ganhador do prêmio Prefeito Empreendedor, do Sebrae. O encontro será realizado nesta quarta-feira (29/06), às 10h, no auditório da faculdade.

Durante o encontro, Bertolucci vai mostrar que os grandes espetáculos artísticos e culturais que ocorreram ao longo dos anos, foram uma das iniciativas responsáveis por tornar a cidade um dos principais destinos turísticos do país. A aposta do poder público neste segmento, quando ainda não havia sequer expectativas de desenvolvimento ou lucratividade, fez com que 90% da economia da cidade, gire, hoje, em torno do turismo.

Pedro Bertolucci também vai explicar como tornar a gestão pública mais eficiente. Gramado é referência nacional em administração, utilizando os melhores conceitos da gestão de empresas privadas. A cidade recebeu o prêmio Top of Marketing, da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB) na categoria Serviços Públicos, sendo a primeira prefeitura do país a obter o certificado ISSO-9001.

A eficiência na gestão e o planejamento permitiram que a cidade gaúcha ganhasse atratividade, em vários setores. Hoje, Gramado é o terceiro destino turístico mais desejado do Brasil, e o mais seguro. Além disso, a cidade é a oitava do país que mais recebe eventos internacionais, é a sétima na preferência do empresariado gaúcho para se investir e está entre as 10 cidades com melhor atendimento de saúde pública do país.

A palestra terá duração de uma hora, e terá espaço para perguntas. Inscrições podem ser feitas através dos telefones do PC&VB:             (24) 2222-6852       ou do SIMÉRCIO:             (24) 2237-0806      . O ingresso é 1 kg de alimento não-perecível.

SERVIÇO
Sicomércio:
Rua Irmãos D’Ângelo, 48 – coberturas 04-06
Centro - Petrópolis/RJ
Telefone: (24) 2237-0806

FASE
Av. Barão do Rio Branco, nº 1003
Centro – Petrópolis, RJ

Mais 2.300 pessoas participam da Semana Hípica Cidade Imperial em Pedro do Rio



A primeira etapa da Semana Hípica Cidade Imperial, promovida pelo medalhista olímpico Luiz Felipe Azevedo (bronze em Atlanta e Sidney) e pela Federação Equestre, com apoio da Prefeitura de Petrópolis e do Movimento Esportivo de Petrópolis foi considerada um sucesso pelos organizadores. Cerca de 2.300 pessoas passaram pelo Centro de Treinamento Fape Multisalto, em Pedro do Rio, durante os quatro dias do evento, com a participação de 120 cavaleiros.
Ontem foram realizadas quatro competições entre elas a prova Prefeitura de Petrópolis e a prova Secretaria de Esportes, troféu Carlos Alberto Lancetta.
A prova Prefeitura de Petrópolis contou com 26 conjuntos, dos quais apenas sete foram habilitados ao desempate. Felipe Amaral, montando Lancelot foi o grande vencedor. O prêmio foi entregue por Claudio Roche, presidente da Allen Informática.
Já a prova Secretaria de Esportes, troféu Carlos Alberto Lancetta, teve como vencedor Vitório Burger, montando Talina.
Na oportunidade também foram prestadas homenagens à Acrizio Pimentel, anfitrião Semana Hípica e ao Dr. Audifax de Azevedo, considerado um dos maiores incentivadores do hipismo no Brasil.
Luiz Felipe de Azevedo, organizador da Semana Hípica Cidade Imperial, agradeceu o apoio da Prefeitura de Petrópolis e de empresários para a realização do evento.
O prefeito Paulo Mustrangi ressaltou a importância de  competições como esta para a consolidação de Petrópolis como cidade candidata a sub-sede da Copa 2014 e das Olimpíadas 2016. ”A prefeitura não vai poupar esforços para colocar Petrópolis entre as cidades mais preparadas para receber estes dois megaeventos esportivos”.

Governo do Estado apoia o maior evento de moda íntima da Região Serrana

Até dia 30 de junho Nova Friburgo sedia a Satélite Fevest,
com lançamentos de ligerie, praia e fitness

Mais de 50 empresas do Polo de Lingerie, Praia e Fitness de Nova Friburgo e região já estão inscritas na Satélite Fevest, que  foiaberta oficialmente nesta segunda-feira (27/6), com presença da subsecretária estadual de Comércio e Serviços, Dulce Ângela Procópio, e vai até quinta (30/6), em Nova Friburgo. A principal proposta da tradicional feira de lingerie, moda praia e fitness do Polo de Nova Friburgo e Região é alavancar novos negócios para o principal polo de lingerie do país, de onde saem 25% de toda a produção nacional. O evento tem apoio do Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços.

- Este será um momento importante para que as empresas que compõem o APL (Arranjo Produtivo Local) de moda da região possam realmente mostrar a sua capacidade de superação. O polo reafirma sua vocação natural de grande produtor de moda no cenário nacional. Menos de seis meses após as chuvas que atingiram a região, as indústrias que integram o APL conseguiram organizar um evento que marca a “volta por cima” do setor, com mais foco, mais profissionalismo e mais originalidade – afirma Dulce Angela.

 Segundo a subsecretária, em seu novo formato, a Satélite Fevest evidencia a força da indústria de confecção na Região Serrana do Rio e agrega valor ao Polo de Moda e da Economia Criativa do estado. A feira renasce em nova roupagem, com nome, formato, adesão e posicionamentos diferentes. Segundo os organizadores, o novo nome embute o conceito atual de “mexer no coração” da ação de maior visibilidade e de maior importância para a economia da Região Serrana. Sai o modelo de feira, entra o conceito de circuito de compras, mais focado em negócios durante o dia e em congraçamento e motivação durante a noite.

 Dulce ressalta que a realização da Satélite Fevest impacta positivamente a cidade em vários aspectos do desenvolvimento econômico, fortemente nos setores de serviços e, principalmente, no turismo de negócios. Pela primeira vez, o evento acontece em praça pública, criando oportunidade para ser visto e percebido por toda a cidade, contribuindo também para acelerar a recuperação de alguns pontos turísticos importantes.

 O Polo de Moda Íntima envolve seis municípios: Nova Friburgo, Bom Jardim, Duas Barras, Cantagalo, Cordeiro e Macuco. Ao todo, são cerca de 20 mil empregos, entre diretos e indiretos. A realização da Satélite Fevest tradicionalmente provoca um aumento na geração de postos de trabalho indiretos, impactando toda a economia da região: modelos, fotógrafos, gráficas, transportes, comércio e serviços de forma geral, além de restaurantes e hotéis, são diretamente beneficiados.

Realizadores

A Satélite Fevest é uma realização do Sindvest (Sindicato das Indústrias de Vestuário de Nova Friburgo e Região), com promoção do Senai Moda, Sistema Firjan e Sebrae. Apoiam o evento, além do Governo do Estado, instituições como Conselho da Moda, Texbrasil, Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit), Agência de Promoção às Exportações (Apex Brasil) e Prefeitura de Nova Friburgo. São patrocinadores o Banco do Brasil e o Governo Federal. A organização é da Fábrica de Ideias.

Saiba mais sobre o evento

 Circuito de compras - Durante quatro dias, será realizado o Circuito de Compras, por meio de vans que percorrerão os três principais bairros produtivos da cidade – Ponte da Saudade, Olaria e Conselheiro Paulino. Seguindo um roteiro pré-estabelecido nos três circuitos diferentes, os compradores visitarão as empresas em seus estabelecimentos de venda ou de produção, em show-rooms especialmente preparados para a ocasião. Para embarcar nas vans, os compradores deverão realizar o credenciamento no Espaço Satélite, local central do evento, que abrigará também a exposição de produtos das confecções e os eventos noturnos.

 Visitas de compradores - Diferentemente das edições anteriores, neste ano será feito investimento na atração de compradores. Além dos compradores espontâneos, haverá compradores vips, indicados pelas confecções participantes que subirão a serra com todas as despesas de viagens e hospedagem pagas.

 Desfiles - Serão quatro desfiles, um por dia, apresentando as novidades de um polo que vem amadurecendo seus produtos, fazendo crescer suas empresas, aprimorando a gestão e a cultura empresarial e investindo em design. A Tenda de Desfiles foi montada em um dos cartões postais da cidade, a Praça do Suspiro - onde fica a Igreja de Santo Antônio, fortemente atingida pelas chuvas e já em restauração pela Fundação Roberto Marinho.

 Palestras e informações - No mesmo local - com apoio da Firjan, Senai Moda e Sebrae - acontecerão os speechs com palestrantes como Amir Klink e Daniel Goldri. Um terceiro nome de projeção nacional está sendo confirmado. Na Casa da Cultura – um casarão de estilo eclético e influências neoclássicas, na Praça Getúlio Vargas – funcionará o Espaço Satélite, que dará suporte às ações diurnas, local para credenciamento de compradores e a exposição de material informativo sobre as empresas participantes.

Fonte: Ascom da Secretaria de Desenvolvimento Econômico

Edição 2011 da Bauernfest deixa hotéis e pousadas da cidade lotados

















Hotéis, pousadas e o comércio local comemoram o bom resultado do feriado prolongado que teve como sua principal atração a Bauernfest – Festa do Colono Alemão.  A vinda maciça de turistas para Petrópolis resultou, segundo o Disque-Turismo, em 99% de ocupação no Centro Histórico e 87,8% nos demais distritos.
O Burgo Alemão montado no Palácio de Cristal e arredores recebeu 85 mil pessoas nestes primeiros cinco dias de festa, que se encantaram com as apresentações dos grupos folclóricos, as contações de histórias, o bailão com as bandas Germânica de Blumenau e BauernBand, além dos Concursos de
Chopp em Metro, Chapéu mais enfeitado e Casal mais animado. Também foram destaques da programação deste final de semana: o Coral Canarinhos de Petrópolis, Coral Municipal de Petrópolis e o Bauern Jazz Trio.
No domingo, o desfile folclórico arrastou milhares de pessoas pelas ruas do Centro Histórico em uma grande festa que reuniu bandas marciais, grupos folclóricos e as famosas victórias (charretes) que levaram os descendentes dos colonos germânicos da cidade e a Rainha e princesas da Bauernfest 2011. O segundo desfile está marcado para o dia 03 de julho, marcando o final da festa.
Durante a semana, a Bauernfest inicia sempre às 16h, com exceção do dia 29, Dia do Colono Alemão e feriado municipal. Neste dia as solenidades em comemoração à chegada dos primeiros colonos germânicos em Petrópolis iniciam às 8h30, no Museu Casa do Colono onde o Prefeito Paulo Mustrangi
abrirá o início das solenidades. As homenagens terão prosseguimento no Obelisco – Rua do Imperador s/nº; Monumento à Koeler – em frente à Catedral São Pedro de Alcântara, finalizando com Culto Ecumênico no Palácio de Cristal. Participação especial dos Canarinhos de Petrópolis.
Confira a programação completa da Bauernfest em www.petropolis.rj.gov.br ou Disque-Turismo 0800 024 15 16.


Fonte: Ascom Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis

CEHAB vai construir 72 casas para desabrigados em agosto


A Companhia Estadual de Habitação (Cehab) promove no dia 28 de julho licitação para a contratação de empresa qserá responsável pela construção.


As 72 primeiras casas - do total de 1.400 - para os desabrigados das chuvas começam a ser construídas em agosto, na Posse. A Companhia Estadual de Habitação (Cehab) promove, dia 28 de julho, licitação para a contratação de empresa que será responsável pela construção de seis blocos de três pavimentos na Estrada Silveira da Motta, km 2,5 na Posse.
As unidades atendem à uma reivindicação do deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB) feita quando era presidente da Câmara de Vereadores de Petrópolis depois das chuvas de 2008 que deixaram desabrigados no quinto distrito de Petrópolis. Na ocasião, houve queda de barreiras em diversos locais como Praça 29 de Junho, bairro Nossa Senhora de Fátima, Rua Princesa Isabel e parte da Estrada União e Indústria. As chuvas e deslizamentos de terra comprometendo casas voltaram a se repetir em dezembro de 2010. "O investimento do governo do Estado é de R$ 5,6 mihões acima dos R$ 4 milhões previstos inicialmente. O conjunto habitacional terá toda a infraestrutura adequada, em área segura e que também contemple o conforto dos moradores, um compromisso do secretário de Habitação, Leonardo Picciani", afirma o parlamentar.
Serão seis blocos, cada um com três pavimentos e quatro apartamentos por andar. Além dos 72 apartamentos, a empresa vencedora terá de realizar as obras de infraestrutura do local incluindo acessibilidade, redes de água e esgoto e drenagem pluvial.
"Essas unidades se somam ainda a outras 1.328 unidades que serão erguidas em seis terrenos com recursos dos governo estadual e federal. Para a Posse, deste total, estão previstas mais 70 unidades", afirma Bernardo Rossi.
Além da primeira área, na Posse, o governo do Estado já confirmou seis terrenos (dois no Vale do Cuiabá, dois em Itaipava, um na Mosela e um no Alto Independência) onde serão erguidas 1.400 casas. "Essas unidades são construídas em caráter emergencial, para atender os desabrigados de 2011 e de anos anteriores que estão vivendo am abrigos e de aluguel social, mas precisamos de uma política habitacional permanente", lembra o deputado.
Bernardo Rossi vai cobrar empenho para que a cidade desenvolva e coloque em cumprimento seu plano municipal de habitação de interesse popular, que faz parte do plano estadual de habitação de interesse popular e que terá recursos garantidos para reduzir o déficit habitacional. "Precisamos retirar, em médio e longo prazos, 15 mil moradias que estão em área de risco", completa.
Fonte: Assessoria

Teresópolis: famílias devem doar material genético para comparação

A Defensora Pública Carla Stael pede que as famílias de vítimas que não foram
localizadas procurem a 2ª Vara da Família


Defensoria lembra que somente exame DNA irá permitir identificação de vítimas

Quase seis meses após a maior tragédia climática que atingiu o país e devastou Teresópolis, Nova Friburgo e Petrópolis, principalmente, os corpos de muitas vítimas ainda não foram encontrados ou identificados. E, tanto tempo depois, o reconhecimento visual não é mais possível, visto que somente ossadas têm sido encontradas pelo Corpo de Bombeiros ou moradores das próprias áreas atingidas, como aconteceu recentemente na localidade de Bonsucesso, no Terceiro Distrito. Para permitir que os familiares possam conseguir a certidão de óbito, a 2ª Vara de Família da Defen-soria Pública pede que essas pessoas cedam material genético para que seja feita a comparação com o material recolhido dos cerca de 150 corpos que foram sepultados sem identificação até o momento. Isso significa que, apesar do grande número de desaparecidos – 181, segundo o último número divulgado, tudo indica que a maior parte já foi encontrada e sepultada no Cemitério Municipal Carlinda Berlim, o Caingá.

Em entrevista ao jornal O DIÁRIO e DIÁRIO TV, a Defensora Pública Carla Stael falou sobre a cada vez maior dificuldade de identificação e os diferentes recursos utilizados para obter a identidade dos corpos. “O que nos primeiros dias era possível ser feito até de forma visual, pelo estado das vítimas, depois passou a ser colhida a digital. Mais tarde já se partiu para a coleta de material genético, que hoje em dia é a única forma de identificar as vítimas encontradas”, explicou.

Mesmo nos primeiros dias, muitos corpos não puderam ser identificados visualmente devido ao estado que chegaram ao Instituto Médico Legal. Em Campo Grande, por exemplo, residências e automóveis foram totalmente destruídos pelas pedras arrastadas pela enxurrada – dando uma ideia do que aconteceu com muitas pessoas residentes naquela localidade. Em alguns casos, foi possível colher a digital, o que permitiu que parte dos corpos sepultados sem identificação saíssem dessa lista e passassem a integrar as mortes confirmadas e, assim, fosse liberada a certidão de óbito. “Teve um momento em que os corpos não eram mais possíveis de reconhecimento por identificação visual. Nos que foram possíveis, foi colhida a impressão digital, que é a maneira mais fácil de identificação para um adulto, identificado, com carteira de identidade nos institutos legais. E, desses 150 corpos que pedimos sepultamento em único processo, 10% voltaram do IML ou do Instituto Félix Pacheco com identidade confirmada e já não são mais corpos sem identificação, passando para processo de registro tardio e as famílias estão recebendo certificação de óbito”, lembra a Defensora.

Fonte: Diário de Teresópolis


Bauernfest atrai 40% mais público que em 2010



A decoração, os artesanatos, a dança, a gastronomia e o chope típicos alemães atraíram muitos petropolitanos e turistas, vindos de todo o país para a 22ª Bauernfest durante todo o final de semana. O bom tempo também ajudou a atrair os visitantes, que lotaram as barracas, onde os expositores já comemoram um lucro em torno de 40% maior em relação ao ano passado.
“Estou muito feliz com o volume de vendas. As pessoas estão visitando e consumindo cada vez mais na Bauernfest. Exponho há cinco anos e seguramente este está sendo o melhor, as vendas chegam a 40% a mais do que no ano passado e a expectativa é de que aumente ainda mais”, disse a expositora Vera Klein.
A pedagoga Benigna Machado está pela segunda vez na Bauernfest, gostou tanto da cidade que já pensa em morar aqui. “Vim o ano passado com meu marido e filho, adoramos e agora vamos voltar sempre. Neste ano, estou gostando ainda mais da decoração, apesar de não haver visitação à Fábrica da Bohemia. A gastronomia alemã então nem se fala, está tudo maravilhoso. Petrópolis é uma cidade linda e estamos pensando em nos mudar para cá”, disse a turista de Magé.
Nem mesmo o preço do salsichão, que chega a R$ 6, afastou os turistas e petropolitanos, que aproveitaram o sol forte para contemplar a beleza da decoração germânica. “A festa só acontece uma vez por ano, apesar da comida não ser muito barata vale a pena se apertar um pouquinho para usufruir deste momento de lazer em família. Todos os anos trago as crianças para passear, elas adoram”, falou o professor Luciano Souza.

Fonte: Tribuan de Petrópolis

Governos estadual e federal querem estimular exportação de produtos da serra

O Governo do Estado e o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) fecharam parceria para desenvolver uma série de ações de estímulo às exportações das indústrias da Região Serrana, cujas atividades foram afetadas pelas chuvas de janeiro deste ano.
A primeira etapa do Projeto Região Serrana, que será desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), consiste em reuniões com as empresas da região nos dias 30 de junho e 1º de julho, em Teresópolis e Nova Friburgo, respectivamente.
"Nestas reuniões, técnicos da Apex vão identificar aquelas que possuem potencial para exportar e fornecer informações para ajudá-las neste processo, para que possam atingir o mercado internacional. Juntos, Governo do Estado e Apex Brasil vão trabalhar para proporcionar a estas empresas a oportunidade de acessar o mercado externo de forma profissional e sustentável", disse a subsecretária estadual de Comércio e Serviços, Dulce Ângela Procópio.
O segundo passo do programa, previsto para setembro, é a realização de uma rodada de negócios entre empresas exportadoras locais e grandes compradores, que serão identificados no exterior e levados à Região Serrana pela Apex-Brasil.
"Queremos contribuir para a revitalização da economia dos municípios atingidos pela tragédia dos deslizamentos de terra em janeiro, oferecendo a experiência da agência em ações de promoção comercial, estudos de inteligência competitiva, atração de investimentos e incentivo ao comércio exterior", afirmou presidente da Apex-Brasil, Maurício Borges.
Participarão das rodadas empresas dos municípios de Petrópolis, Areal, Teresópolis, São José do Vale do Rio Preto, Sumidouro, Bom Jardim e Nova Friburgo. Os setores prioritários são os de Moda e Bijuteria, Alimentos e Bebidas, Móveis, Metal Mecânico, Artesanato e Tecnologia da Informação. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.apexbrasil.com.br.

Fonte: Agência Estado

Mariko Mori: uma exposição incrível no CCBB


Gente, bom dia!!!! Essa dica é para quem gosta de artes plásticas e de aprender sempre mais sobre cultura!!! Ontem estive no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) para visitar a exposição de Mariko Mori, a japonesa que vive em Nova York há bastante tempo.  Mariko Mori tem peças incluídas nos acervo dos maiores museus do mundo como Guggenhein (Nova York), Georges Pompidou (Paris) e Fundação Prada (Milão)


A exposição Oneness inclui instalações, esculturas, vídeos, fotografias e desenhos da artista que mescla em suas obras elementos da cultura pop, tradição japonesa, moda, design e alta tecnologia.
Dentre as obras que causam maior impacto (e por isso, foi colocada no saguão de entrada do CCBB) está o Wave Ufo (algo como a Baleia Alienígena), um objeto híbrido - máquina e escultura - que funde computação gráfica, ondas cerebrais, som e uma arquitetura arquitetônica que lê os impulsos cerebrais e, conforme o estado de espírito de cada um, exibe imagens pré gravadas no teto da obra, o que a torna bastante interativa. 



A exposição da artista fica no CCBB, Rua Primeiro de Março, 66 -
Centro do Rio até 10 de julho.  



Avril Lavigne confirma show no Rio



A cantora canadense
Avril Lavigne confirmou uma turnê pelo Brasil, com passagem pelo Rio de Janeiro no dia 31 de Julho, no Citibank Hall.
Com um repertório cheio de sucessos como “Complicated”, “Girlfriend” e “Sk8r boy”, Avril volta com a turnê que faz parte da divulgação do seu último albúm, “Goodbye lullaby”, lançado em 2011.
Os preços dos ingressos variam entre R$85,00 e R$400,00. Essa é a segunda apresentação da cantora na cidade maravilhosa.

SERVIÇO:
Avril Lavigne31 de Julho
Citibank Hall – Av. Ayrton Senna, 3000 – Shopping Via Parque – Barra da Tijuca
Horário: 20h
Classificação: a partir de 12 anos acompanhado de responsável.
Início das vendas: entre os dias 13 e 19 de junho para os clientes dos cartões Credicard, Citibank e Diners. Vendas para o público em geral no dia 20 de junho.

Vem aí o Anima Mundi 2011!!!



O Festival Internacional de animação do Brasil,
Anima Mundi, já tem data marcada para passar pelo Rio de Janeiro: entre os dias 15 e 24 de Julho, no centro Cultural Banco do Brasil, Casa França Brasil e outros locais da cidade.
Em 2011 ele celebrará seu 19º aniversário, promovendo, além do festival anual no Rio de Janeiro e São Paulo, uma série de atividades online. É também um ano que celebra uma marca inédita: o recorde de 1500 animações e 17 longa-metragens inscritos.

Veja a lista de animações selecionadas

Os jogos mundiais militares estão chegando!!!!


Entre os dias 16 e 24 de Julho, o Rio de Janeiro será palco dos Jogos Militares do CISM (Conselho Internacional de Esporte Militar), tornando-se o maior evento esportivo militar já feito no país.
Serão mais de seis mil atletas de cem países competindo em mais de vinte modalidades, tais como vôlei de praia, natação e futebol.  O Brasil participará com um contingente de 250 atletas.
Assim como nos Jogos Pan-Americanos de 2007, os Jogos Militares abriram diversas vagas para voluntariado no evento. As inscrições ocorrem pelo site oficial e dependem de um processo seletivo, onde o inglês e a maior idade são requisitos mínimos.
Para informações sobre ingressos e locais das competições, clique aqui.

SEC abre inscrições para 4ª edição do Circuito Estadual das Artes que este ano recebe 2 milhões

Programa, além de promover a circulação de espetáculos pelo estado, vai
promover formação e capacitação técnica

A Secretaria de Estado de Cultura (SEC) recebe inscrições, até hoje (27 de junho), para a quarta edição do Circuito Estadual das Artes. O programa que promove a circulação de espetáculos pelo interior do estado tem, neste ano, uma nova linha de ação: a de Formação e Capacitação Técnica de profissionais de artes cênicas e música. A programação dos espetáculos e oficinas será no período de setembro de 2011 até fevereiro de 2012.

Os projetos serão selecionados através de uma Chamada Pública. As inscrições podem ser realizadas até o dia 27 de   junho no Portal Cultura.rj (www.cultura.rj.gov.br).

Os recursos investidos pela SEC são de R$ 2 milhões, divididos em três módulos financeiros para a circulação de espetáculos (até R$ 45 mil, até R$ 30 mil e até R$ 15 mil) e um único módulo, de R$ 30 mil, para Formação e Capacitação Técnica.

Espetáculos já estreados
O Circuito promove a circulação de espetáculos não inéditos, de artes cênicas e música (Popular e Erudita), relevantes dentro do cenário cultural brasileiro, por municípios do Rio de Janeiro nos quais, preferencialmente, não tenham se apresentado. Em edições anteriores já participaram do projeto espetáculos como “Clandestinos”, de João Falcão; “Ele Precisa Começar”, de Felipe Rocha e “Eu sou minha própria mulher”, com Edwin Luise, que circularam por diversas cidades do estado.

O objetivo é estimular uma programação de qualidade nos equipamentos culturais municipais, prioritariamente, além de ampliar o mercado de trabalho para artistas, técnicos e produtores.

O Circuito Estadual das Artes propõe uma programação variada, onde cada espetáculo será apresentado em três municípios diferentes, localizados em regiões distintas do estado do Rio de Janeiro.

Formação e capacitação técnica
A nova linha de ação do programa - "formação e capacitação técnica" - selecionará Companhias de Teatro, Produções ou Artistas Independentes para promover uma residência, durante duas semanas, em dois municípios diferentes.

Os contemplados deverão oferecer oficinas de capacitação para a população e um intercâmbio com Companhias ou Grupos de atores locais. As propostas deverão indicar uma das duplas de municípios disponibilizados no edital: Paraty e Volta Redonda; Petrópolis e Queimados; Três Rios e São João da Barra; Angra dos Reis e Três Rios; Duque de Caxias e Paraty; Campos dos Goytacazes e Angra dos Reis; Volta Redonda e Santo Antonio de Pádua; São João da Barra e Duque de Caxias; Queimados e Campos dos Goytacazes; e Santo Antonio de Pádua e Petrópolis.

Os municípios darão apoio de alimentação, hospedagem ou transporte, e foram escolhidos seguindo alguns critérios: número de habitantes; infra-estrutura do equipamento cultural; localização (permitindo fácil acesso aos habitantes de municípios vizinhos); desempenho em edições anteriores do programa; e demanda de público.

Evolução da Bicicleta é tema de exposição no Arte Sesc Flamengo


Fotografias, vídeos, palestras e dezenas de bicicletas contam a história do transporte

O uso da bicicleta e a opção por caminhadas ganham cada vez mais adeptos nos deslocamentos urbanos de curtas distâncias. Um dos mais antigos veículos de que se tem notícia - os primeiros registros datam do século XVIII com a criação de um brinquedo, o "celerífero", realizado pelo Conde de Sivrac -, a bicicleta terá sua trajetória contada em detalhes na exposição Bicicleta, histórias e curiosidades, que abre para o público amanhã, 28 de junho, e segue até 4 de julho, no Arte Sesc, no Flamengo.

A mostra reunirá mais de 20 magrelas, entre modelos antigos, elétricos e super modernos. A exposição também reunirá um acervo fotográfico com cenas de utilização de bicicletas desde o século XIX, até visões mais contemporâneas.

Além de estimular o uso da bicicleta como meio de transporte, a exposição também visa estimular a criatividade dos visitantes. O primeiro dia do evento marca o lançamento do I Festival Curta uma bike e uma caminhada. O projeto reunirá, via web, curtas metragens amadores, com roteiros baseados em deslocamentos alternativos. Os primeiros colocados receberão prêmios em dinheiro e bicicletas.

Assinado pelo Programa Rio-Estado da Bicicleta, da Secretaria Estadual de Transportes, Bicicleta, histórias e curiosidades, com produção da Amplifica Comunicação, conta com o apoio da Federação de Ciclismo do Rio de Janeiro, da ONG Transporte Ativo e da Fecomércio. A exposição contará ainda palestras diárias sobre mobilidade e deslocamento urbano, exibição de filmes sobre bicicleta, além de oficinas infantis de colagem, contação de histórias, teatro e rodas de bate-papo.


Programação

28-06
 10h - Palestra abertura: Bicicleta, História e Curiosidades - Apresentação - Julio Lopes - Secretário de Estado de Transportes
 10h30 - Turma do Pedal - Programa educativo voltado para crianças e adolescentes
 14h - Turma do Pedal - Programa educativo voltado para crianças e adolescentes
 15h30 - CineBike

29-06
 10h - História da Bicicleta - Valter Bustos - Coordenador do Museu da Bicicleta de Joinville
 10h30 - Turma do Pedal - Programa educativo voltado para crianças e adolescentes
 14h - Turma do Pedal - Programa educativo voltado para crianças e adolescentes
 15h30 - CineBike

30-06
 10h - Bicicleta é veículo! - José Lobo -Fundador da ONG Transporte Ativo
 10h30 - Turma do Pedal - Programa educativo voltado para crianças e adolescentes
 14h - Turma do Pedal - Programa educativo voltado para crianças e adolescentes
 15h30 - CineBike

 01-07
10h - Velocidade urbana, velocidade nas pistas - Das entregas rápidas às grandes competições - Cláudio santos - Presidente da FECIERJ
 10h30 - Turma do Pedal - Programa educativo voltado para crianças e adolescentes
 14h - Turma do Pedal - Programa educativo voltado para crianças e adolescentes
 15h30 - CineBike

02-07
10h - Livre - atividades Pedaleiros de Plantão
 14h - Cine Bike
 16h - Lançamento Livro Caminhos de Nuestra América - Rafael Limaverde, jornalista
e ciclista

03-07
10h - Livre - atividades Pedaleiros de Plantão
 15h - Palestra Cicloturismo e preservação - Thais de Lima - Coordenadora VeliMobi

04-07
10h - Palestra Encerramento: Rio, uma cidade amiga da Bicicleta! - Mauro Tavares -
Coordenador do Programa Rio, Estado da Bicicleta
 10h30 - Turma do Pedal - Programa educativo voltado para crianças e adolescentes
 15h30 - CineBike

Alguns filmes:
As Bicicletas de Belleville
O Vencedor - Breaking Away
O Caminho das Nuvens
O Prazer de Ganhar - Quicksilver

Fonte: Ascom da Secretaria de Transportes

Prêmio para micro e pequenas empresas tem inscrições abertas

MPE Brasil de Competitividade é realizado em 24 estados e a
 data limite para participar é 15 de agosto

Mais importante prêmio de competitividade para micro e pequenas empresas, o MPE Brasil 2011 está com inscrições abertas. A edição fluminense da premiação é uma realização da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços – por meio do Programa Qualidade Rio –, Firjan, Gerdau-Cosigua e Sebrae-RJ. O prêmio também é destinado a cooperativas e associações produtivas.
O Prêmio MPE Brasil 2011 é realizado em 24 estados do Brasil e tem o objetivo de promover o aumento da qualidade, da produtividade e da competitividade entre as empresas, além de disseminar os conceitos e as práticas de gestão.
Este ano, foi criada mais uma categoria – Destaque de Inovação – no MPE Brasil, que já previa premiação nos setores de comércio, indústria, serviços, serviços de turismo, serviços de TI, serviços de saúde, serviços de educação, agronegócio e destaque em responsabilidade social.
Se for premiada no ciclo estadual, a empresa pode utilizar a marca MPE Brasil como instrumento de comunicação e ser reconhecida como exemplo de sistema de gestão alinhado aos princípios da excelência. Os vencedores estaduais também participam do evento de reconhecimento nacional, além do Seminário para MPE, em Brasília, no primeiro trimestre de 2012.
Podem participar empresas que tenham receita bruta anual de até R$ 2,4 milhões e tenham completado pelo menos um ano fiscal. A inscrição prevê a apresentação de relatório de gestão, por parte da organização candidata. São utilizados critérios integrantes do Modelo de Excelência em Gestão da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ), com base nos 11 Fundamentos da Excelência reconhecidos internacionalmente. As empresas respondem ao questionário de autoavaliação, recebem a visita de avaliadores capacitados e são submetidas a uma banca técnica e a uma banca de juízes.
As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 15 de agosto pela internet, no site http://www.premiompe.sebrae.com.br/ou nos pontos de atendimento do Sebrae-RJ.